sábado, 2 de novembro de 2013

JOHNNY MATHIS - Sending You A Little Christmas


Com excelência de produção e repertório, foi lançado na última terça-feira, 29 de Outubro, o novo álbum do cantor Johnny Mathis – um dos artistas mais consagrados dos Estados Unidos, que está no patamar de Frank Sinatra, Tony Bennett e Andy Williams.  Em comparação com os artistas do Brasil, para o público norte-americano ele figura como um Roberto Carlos ou um Emílio Santiago – Dos artistas muito populares, com um público fiel e mais selecionado. Não está tão presente nas paradas de sucesso atuais, mas continua vendendo muito e lotando casas de espetáculo. E, a despeito de seus 78 anos de idade e 57 de carreira, Mathis continua em plena atividade, cantando com o mesmo desempenho vocal e gravando com crescente qualidade de produção.
 Mathis ao lado do produtor Fred Mollin.

Não é a primeira vez que Johnny Mathis grava um disco com repertório todo dedicado a canções de Natal. Mathis já lançou 5 álbuns semelhantes anteriormente, em 1958, 1963, 1969, 1986 e 2002.  Mas “Sending You A Little Christmas” (o 6º com temática natalina, sem contar as coletâneas e reedições) demonstra, principalmente, a evolução do cantor em termos de produção de seus discos, comparado aos anteriores.  Mathis tem o mérito de se adaptar ao seu tempo sem perder sua essência, com arranjos atuais mas requintados, sem abrir mão de orquestra de cordas e metais, mas aliando a orquestra com instrumentos de sonoridade moderna, como teclados eletrônicos e guitarras semi-acústicas.

 Mathis e a cantora gospel Amy Grant
Para completar o clima de confraternização de Natal, Mathis conta com algumas participações especiais. Billy Joel participa na faixa de abertura do CD, “The Christmas Song (Chestnuts Rosting on an Open Fire)” canção que descreve todo o cenário da ceia da noite de natal.  Em  “Have Yourself a Merry Little Christmas” é a vez de Nathalie Cole dividir os vocais com Johnny Mathis. A cantora Gloria Estefan participa de “Mary’s Boy Child”, que descreve a história do nascimento de Jesus. Já o veterano grupo vocal “The Jordanaires” faz sua participação na tradicional “Home for the Hollidays”. A música gospel está representada pelos cantores evangélicos de influência Country - Vince Gill e Amy Grant, que participam do medley “I’ll Be Home For Christmas/White Christmas”. Jim Brickman participa da faixa título, “Sending You A Little Christmas”, ao piano e no vocal de apoio. Mas o principal destaque, entre as participações especiais nesse disco, é o dueto em “Do You Hear What I Hear?” de Johnny Mathis com Susan Boyle, cantora escocesa que se tornou célebre repentinamente por sua participação no programa de calouros britânico “Britain’s Got Talent” em 2009.  Sua apresentação no programa, precedida de certo preconceito por sua aparência desleixada e comportamento inseguro, se tornou um dos vídeos mais assistidos na internet e seu disco de estreia bateu records de venda.  Agora, Susan se consagra mais uma vez entre os grandes nomes da música ao ser convidada por Johnny Mathis para seu novo disco. Mathis também participa da música “When A Child Is Born” (canção com a qual ele mesmo fez muito sucesso nos anos 70), no novo álbum da cantora, que será lançado no próximo dia 25 de Novembro – álbum esse também dedicado a canções de natal.

O grupo vocal "The Jordanaires"
gravando "Home For Hollidays"
Apesar de todas as faixas do disco terem o natal como tema, Mathis consegue não perder sua veia romântica, em pelo menos duas das canções: Na faixa-título do CD e em “Merry Christmas Darling”, ambas que falam de uma pessoa amada que está distante no natal. Podem até serem interpretadas como sendo sobre alguém da família – um filho, por exemplo – mas na voz de Johnny Mathis é impossível não se firmarem como músicas que falam de um casal que está separado durante o natal. Em “Sending You A Little Christmas”, o interlocutor prepara todos os detalhes para a noite de natal ao gosto da pessoa que está longe e envia, através do pensamento e em uma oração, desejos de paz e luz para aquela pessoa. Já em “Merry Christmas Darling”, originalmente lançada pelos Carpenters, ele faz um pedido especial de natal: Estar novamente com a pessoa que hoje está longe.  É principalmente em canções como essas que se destaca a força de sua interpretação, em que, além de simplesmente cantar bem, ele consegue imprimir com exatidão a emoção adequada ao que a letra diz. Consegue-se sentir com clareza onde há uma lágrima ou onde há um sorriso em cada uma das palavras cantadas.  Em “I’ll Be Home For Christmas” também há, mais ou menos, o mesmo clima. Porém é o próprio interlocutor que está longe e promete voltar pra casa para o natal.

Johnny Mathis e Jim Brickman,
nos estúdios "Capitol", em Los Angeles
Para encerrar o disco, Johnny Mathis deixa uma mensagem de esperança não apenas para o natal, mas pra ser lembrada em qualquer momento – principalmente nos mais difíceis: “Count Your Blessings” aconselha - com interpretação e arranjo que se assemelham a uma canção de ninar - que, quando estiver preocupado, sem conseguir dormir, se conte as bênçãos adquiridas, em vez de carneirinhos, olhando a vida pelo lado bom e não pelo pessimismo.
 Scott Lavender conduzindo a orquestra
no estúdio "Starstruck", em Nashville.

Com belos arranjos e a marca registrada do cantor, no que se refere à qualidade, o disco é produzido por Fred Mollin e foi gravado nos estúdios “The Tracking Room” e “Starstruck” em Nashville; além do lendário estúdio Capitol, em Los Angeles.  Mathis alia novos músicos com antigos companheiros, a quem ele sempre se mantém fiel nas gravações e nos shows, como Scott Lavender (seu maestro há décadas) e o violonista Gil Reiger, que também o acompanha há mais de 30 anos.


Ainda não há previsão para lançamento desse disco pela filial brasileira da Sony Music. Porém, hoje em dia, isso não chega a ser um problema devido à facilidade de comprá-lo através de sites como o Amazon.com, ou baixar oficialmente as músicas através do iTunes.

 O Produtor e guitarrista Fred Mollin, no estúdio "The Traking Room", em Nashville.

Johnny Mathis grava com Nathalie Cole, filha de Nat King Cole, nos estudios Capitol, em Los Angeles.


4 comentários:

.................................................... disse...

Legal demais! Johnny Mathis, sempre Johnny. Parabéns pelo blog e bom gosto musical.

Elizabeth Barbosa disse...

Parabéns pelo bloq referente ao novo album de Johnny Mathis, você Marlos conseguiu descrever fielmente o album de Johnny que está muito bonito. Concordo com você quando disse em um trecho do bloq que Johnny Mathis está aqui no Brasil ao nível do nosso cantor Emilio Santiago, sempre considerei Emilio Santiago como nosso Johnny Mathis brasileiro. Adorei seu bloq, mais uma vez parabéns.

BLOG DO BARATTA disse...

Grande Marlos. Grande postagem. Você sabe que vendo sua chamada lá no face para esse texto, eu acabei indo lá na sala buscar o meu vinil do Mathis o Love Theme from "Romeo and Juliet" (A Time For Us) de 1969, que era do meu pai e hoje é meu. Sending You A Little Christmas eu ainda não conheço, mas já sairei de casa pra comprar. Sabe se existe em vinil? Fiquei curioso com a gravação com os Jordanaires, pois como você sabe, ou fã de Elvis, e os Jorndanaires gravaram um bom tempo com Elvis.
Abraço Baratta

ADILSON CAETANO COELHO Coelho disse...

Marlos,Boa Noite,Vc liberar o link deste Album do Johnny Mathis-Sending You a Little Christmas, eu te agradeceria,um abraço e obrigado.